Emacipação

A EMANCIPAÇÃO
(Por Marcos Gonçalves)
(Do livro História do Xexéu, escrito por Admmauro Gommes, Bernardo Almeida e Marcos Gonçalves de Lima. Editora Bagaço. Recife. 2003)

Todos acontecimentos têm uma certa importância, mas a data da emancipação política de Xexéu significa o marco da nossa liberdade, da nossa independência, é, com certeza, o fato mais marcante entre nós. Ela diz que nós estamos com o campo aberto para construir a sociedade, cada vez maior, acima de tudo mais justa e mais humana.
A luta para Xexéu emancipar-se foi muito longa, atingindo mais de 40 anos. Foi assim: o 1º projeto para Xexéu ser emancipado foi elaborado em 1952. Acontecendo a eleição de 1956 e depois de 1960, Floriano pediu a alguns companheiros, deputados na época, para fazer Xexéu emancipado. Mas tinha um grande problema: o domínio político e empresarial, o poder econômico que estava depositado pelos donos das terras. Eles não tinham interesse em ver Xexéu passar a cidade, até mesmo para não perderem uma grande porção de hectares de terra. Então, esse poder pressionava a política dominante, lá em Água Preta, para não permitir que fôssemos emancipados.
Hoje até que vemos o grupo empresarial com uma outra visão. Mas naquela época, era um poder esmagador, e só pensavam neles. Eles estando bem, com a pobreza não se incomodavam. Então havia essa pressão do poder econômico junto ao poder político dominante e a vontade de liberdade esbarrava sempre ali.
Mas a luta foi se estendendo e muitas e muitas vezes foram apresentados projetos. (…) Aí o plebiscito foi marcado e Xexéu compareceu em massa quando mais de 98% disseram sim. Era um sonho! Aprovado o plebiscito, a Lei 10.621 de 1º de outubro de 1991 foi sancionada pelo então governador Joaquim Francisco Cavalcanti, dando-nos a emancipação.
A Lei dizia que a cidade tendo sido emancipada ficaria ainda sobre a responsabilidade do Município mãe, até que chegasse o período das eleições. Então nós ainda passamos um ano e três meses, na condição de município, governado por Água Preta. Foi quando aconteceram as eleições de 92 e no dia 1º de janeiro de 1993, de fato e de direito, Xexéu começou a ser governada pelos seus próprios representantes.
Assim, Xexéu tem duas datas importantes, a da Lei que cria o Município e a do início administrativo. Xexéu foi fundado em 1991, como poder administrativo próprio. Em janeiro de 1993, o 1º prefeito, Floriano Gonçalves de Lima, assumiu o comando municipal.